27 de out de 2011

Futebol sem eles não tem graça: a turma do "gargarejo"

Tranca (E), Giu (C) e Ari à direita
Patota de futebol que não tem a turma do gargarejo não tem graça. No Praianos, tem um trio, que vez por outra vira quarteto e até quinteto, que não perde uma. São os secadores de plantão. Não jogam futebol, aliás nunca jogaram, mas estão lá, todo o fim de semana no Monumental do Rio do Ouro, para atazanar a vida da turma que tá suando em campo, honrando a camisa do Praianos. Ari, Tranca e Giu, sócios do Praianos, não perdem a oportunidade de tirar um “sarro” quando alguém do time erra feio. Os três pegam no pé, sem dó nem piedade. E tudo isso eles fazem lá da arquibancada, debaixo de um toldo e tomando uma cerveja gelada.
Na verdade, quando eles não comparecem, parece que fica faltando alguma coisa no jogo. “O trio de secadores faz isto sempre na esportiva, eles são bem divertidos e, no intervalo do jogo dá até para ir lá arquibancada para molhar a garganta”, diz o diretor comunicação, Alexandre Melo, que vez por outra ouve a frase: “vai velhinho!”. “Qualquer dia, vamos lançar no site a escolha do mais “secador” e, claro, o trio vai estar lá”, avisa Melo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agora, você já pode fazer comentários das matérias publicadas em nosso blog. Basta acessar aqui