9 de nov de 2014

Praianos quebra jejum e volta a vencer três meses depois



Três meses e 15 dias depois, o Praianos voltou a saber o que é vencer. Foram 12 jogos sem vitória. Essa é a série mais negativa da história de quase 20 anos da existência do Praianos. E a vitória veio num jogo muito difícil contra a equipe da APA - Associação Pedra de Amolar, em Ilhota. John abriu o marcador aos 35 minutos do primeiro tempo. Antes, o adversário perdeu várias oportunidades para marcar, outras o goleiro Marcelo, figura de destaque do jogo ao lado do zagueiro Bruno, salvou o Praianos.
No segundo tempo, o APA veio pressionando ainda mais e poderia ter empatado o jogo, mas o goleiro Marcelo continuou “fechando” o gol com grandes defesas. Num contra-ataque, Cristiano marcou o segundo para o Praianos, porém, não demorou muito e a APA conseguiu descontar. A partir daí, o jogo foi praticamente num campo só, com a APA atacando e o Praianos fechado na defesa. Thiago e Cristiano eram os dois mais adiantados no ataque, mas jogavam quase no meio do campo. O time da APA pressionou, porém, o Praianos se segurou na defesa e conquistou a vitória mais de três meses depois. No próximo sábado, o Praianos volta a jogar no União do Espinheiros contra a equipe do Comparsas, a partir das 14h30min.

19 de out de 2014

Praianos perde para o Rio do Ouro




Com muitos desfalques, o Praianos acabou derrotado na tarde deste sábado (18) no campo do Rio do Ouro para a equipe dos Veteranos do Rio do Ouro, em Itajaí. O primeiro tempo foi bastante equilibrado. O Rio do Ouro saiu na frente logo aos 10 minutos de jogo. Com uma zaga bastante consistente, o Praianos conseguia uma boa saída de bola num meio campo articulado. E foi numa boa trama pelo lado direito que Leo Zarrilli conseguiu empatar o jogo. A partir daí, o Praianos passou a ter mais volume de jogo e esteve muito próximo de virar o placar.
Já para o segundo tempo, o panorama do jogo mudou completamente. Apático em campo, o time viu o Rio do Ouro partir para o ataque e empilhar oportunidades de gol. E não demorou para que o adversário marcasse o segundo gol depois de uma saída errada de jogo. Atrás do marcador, o Praianos se jogou ao ataque e ofereceu ao Rio do Ouro o contra-ataque. Em outra jogada rápida, o adversário conseguiu ampliar o marcador e só não fez mais porque o goleiro do Praianos, o alemão, fez grandes defesas. Isolado no ataque, o centroavante Giovanni pouco pode fazer e acabou pedindo substituição. O meio-campo Tiba também deixou o campo, só que machucado. Sem inspiração, o Praianos viu o Rio do Ouro trocar passes até o final do apito do árbitro Daniel, que recebeu muitas críticas pela atuação.Este foi o segundo encontro entre as duas equipes. No primeiro, o empate em 3 a 3. A Família Praianos agradece o convite feito pelo Rio do Ouro.

21 de set de 2014

A despedida

Existe sempre um momento para renovar, mudar, buscar novos horizontes. E o nosso amigo Vavá encontrou o seu momento. Vai em busca de novos desafios. Daqui, a torcida da família Praianos para o Vavá, a Lena e as filhas Beatriz e Amanda para o sucesso nesta nova empreitada.


Praianos e Rio do Ouro ficam no 3 a 3

Rio do Ouro e Praianos fizeram um bom jogo

Praianos e Veteranos do Rio do Ouro fizeram um grande jogo na tarde deste sábado (20), no campo do Rio do Ouro em Itajaí. O placar final, 3 a 3, acabou sendo o mais apropriado para o desempenho das duas equipes. O Rio do Ouro abriu o placar antes dos dez minutos de jogo, numa falha da zaga do Praianos. O jogo continuou equilibrado e com muitos lances de ataque. Numa boa jogada de ataque, John recebeu dentro da área e driblou dois zagueiros antes de marcar um golaço. O Rio do Ouro voltou ao ataque e no rebote de uma cobrança de falta pulou novamente na frente do placar. Antes do final do primeiro tempo, o lateral Garcia, do Praianos, acertou um belo chute de fora da área que bateu na trave. Os dois times reclamaram muito da arbitragem, principalmente da marcação de dois pênaltis, um para cada lado.
Para o segundo tempo, o Praianos se posicionou mais a frente e começou a pressionar em busca do gol de empate, e conseguiu. Depois de uma grande jogada pelo lado direito, a bola foi cruzada e sobrou para Neto completar para as redes. Não demorou muito para o Rio do Ouro pular novamente na frente do placar. Numa boa triangulação pelo lado esquerdo, o atacante ficou livre e ainda driblou o goleiro Marcelo antes de marcar. O Praianos se jogou todo ao ataque, perdendo boas chances de gol. E de tanto insistir, o Praianos chegou ao gol de empate. Giovanni dividiu com o goleiro e a bola sobrou para Cristiano marcar o seu 16º gol na temporada. Embora o tenha jogado bem, o Praianos segue há seis jogos sem vencer.

Despedida

Após o jogo, o time do Rio do Ouro recepcionou os Praianos com um delicioso jantar. A confraternização seguiu com a presença de muitos Praianos e de convidados. O sábado também foi despedida. O Praianos Vavá participou pela última vez do grupo, pois já na próxima semana assume um novo desafio profissional na cidade de São Paulo. Durante esses mais de 15 anos em que participou do grupo, Vavá foi sempre muito presente nas confraternizações, inclusive cedendo a sua casa para os encontros. Dentro de campo foi também muito importante para o time, muitas vezes decidindo jogos.

Vavá nos braços da galera
A despedida do amigo Vavá (centro)
Visita ilustre

Antes do jogo Rio do Ouro e Praianos, o ex-governador, Esperidião Amin, em campanha a deputado federal, visitou o Rio do Ouro. Amin posou para fotos ao lado do goleiro Marcelo, do Praianos, e do Evaldo.
Amin, Preto e Marcelo
 

14 de set de 2014

Praianos completa cinco jogos sem vitória

Praianos completou cinco jogos sem vitória


 Não foi um final de semana de vitória. Voltando a jogar no Monumental do Espinheiro, o time acabou derrotado pelo Arsenalcool pelo placar de 4 a 3. Depois de estar perdendo por 2 a 1, o Praianos virou para 3 a 2 na segunda etapa, porém permitiu a reação e a virada do adversário para 4 a 3. O gol da vitória do Arsenalcool veio nos acréscimos. John, Cristiano e Vavá marcaram os gols do Praianos, que fechou o quinto consecutivo sem vitória.A última vez que o Praianos venceu foi no dia 19 de julho, contra os Imprestáveis. De lá pra cá, foram três derrotas e dois empates. No próximo sábado, o time volta a jogar no Rio do Ouro, contra o Veteranos. A confraternização será no próprio Rio do Ouro, juntamente com o time adversário. O jogo do próximo sábado também marca a despedida do Praianos Vavá, que está de mudança para São Paulo.
Confraternização
Neste sábado, a confraternização foi na casa do Vavá. Lá, os Praianos se encontraram e foram muito bem recebidos. A confraternização ficou por conta do trio John, Ary e Leo Zarrili. O próximo trio, no dia 27 de setembro, é Cabral, Leo Garcia e Tranca.   





7 de set de 2014

Sábado de muita alegria no encontro da Família Praianos




 Éramos poucos Praianos, não mais que dez: Wilson (o melhor em quadra), Neto, Wesley, Marcelo, Alexandre, Neverton, Alberto, Vavá, Garcia e Rodrigo Melo, mas foi um sábado muito agradável. Jogamos no campo da Associação dos Servidores Municipais de Itajaí. Além desses Praianos, a turma do Giovanni também participou. Aliás, um agradecimento especial ao Giovanni que dividiu o seu horário na quadra com os Praianos.

E onde realizar a confraternização?
Aí entrou o Cristiano, que abriu as portas da sua casa para que a gente pudesse realizar o encontro mesmo tendo outro compromisso. Cabral, Giu, seu Sérgio e o John também estiveram na confraternização. Portanto, o final de semana da Família Praianos é todo de agradecimento aos irmãos Dacorregio, que viabilizaram o futebol e a confraternização. A dupla, Wesley e Alberto deu show na churrasqueira, preparando um bolinho de carne no palito espetacular, além de outros petiscos. A cerveja gelada completou o momento excepcional. Isto é Praianos, isto são 20 anos de amizade. Valeu, pessoal e até sábado com mais novidades.Um agradecimento também especial ao Alexandre, primo do Neto, que doou sete meiões brancos para o Praianos.

  

   

1 de set de 2014

Praianos é goleado em tarde de pouco futebol

Praianos foi goleado em tarde pouco inspirada


Não foi um sábado de futebol para o Praianos. O time simplesmente não entrou em campo. O resultado foi uma goleada de 5 a 1 para o time do Amigos do Joni. Os primeiros minutos até foram equilibrados, com o Praianos procurando o ataque, porém, aos poucos o adversário foi se impondo em campo. Com jogadores jovens no ataque e uma excelente defesa, o Amigos do Joni não demorou a abrir o placar. O Praianos foi pra cima e numa bola despretensiosa jogada na área, o goleiro acabou falhando e a bola entrou no ângulo esquerdo. O empate animou o Praianos que foi para o ataque, porém, numa falha individual do goleiro Marcelo o Amigos do Joni marcou o segundo gol. E esse foi o placar do primeiro tempo.
Com apenas uma alteração para a segunda etapa, o Praianos foi surpreendido com menos de dois minutos de jogo com o terceiro gol do Amigos do Joni. A partir daí, o time não se achou mais em campo e os dois outros gols foram conseqüência do desarranjo defensivo e ofensivo do time. Antes disso, o atacante John ainda chutou duas vezes a bola na trave num único lance. Não era mesmo o dia do Praianos. Para completar, os jogadores passaram a bater boca em campo, o que tornou o time ainda mais nervoso.
Confraternização
Se dentro de campo o time não se acertou, a confraternização compensou. O encontro foi realizado, mais uma vez, na garagem do Praianos Leo Zarrili. O trio, Cristiano, Tiba e Preto fizeram as honras da casa.  O Praianos volta a jogar no próximo sábado, no Monumental do Espinheiros.