29 de mar de 2015

Praianos não joga bem e adversário quebra jejum de vitórias



O Praianos não fez um bom jogo na tarde deste sábado (28) e acabou sofrendo a sua segunda derrota na temporada 2015. O adversário foi o tradicional “Imprestáveis”, que quebrou um longo jejum de jogos sem vencer o Praianos (mais de dois anos). O jogo teve dois tempos distintos. No primeiro, o Praianos foi surpreendido logo a um minuto de jogo com uma bola cruzada para área que o goleiro Jô não conseguiu interceptar. O centroavante do Imprestáveis, Caveira, só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes. O gol desequilibrou a equipe do Praianos que passou a errar muitos passes e a rifar a bola no ataque. Mesmo assim, John e Cristiano desperdiçaram duas chances claras para empatar o jogo antes dos cinco minutos.  
Já o adversário passou a dominar o meio-campo, com um bom toque de bola. Na defesa, o goleiro Vandeco garantia o placar. Aos seis minutos, em nova jogada rápida o Imprestáveis marcou o segundo gol. O Praianos deu a resposta e John diminuiu para 2 a 1.
O gol animou a equipe que foi para cima, mas deixou espaços principalmente no lado direito da defesa, por onde o Imprestáveis chegava perigosamente. Perto do fim do primeiro tempo, o adversário marcou duas vezes em menos de dois minutos.
Para o segundo tempo, o Praianos veio alterado com as saídas de Neverton, Wesley e Cristiano, que deram lugar para Lino, Rodrigo e Aurélio. E o início da segunda etapa foi desastroso, com mais um gol do adversário. Aos poucos, no entanto, o Praianos reequilibrou as ações e marcou duas vezes, com John e Giovanni, que entrou no lugar de Aurélio. Mesmo com um bom volume de jogo, o contra-ataque dos Imprestáveis era sempre muito perigoso, com Maria carimbando todas as bolas. Em mais uma falha de marcação do meio-campo, o Imprestáveis chegou ao sexto gol. A partir daí, o Praianos passou a pressionar, ficando a maior parte do tempo com a bola nos pés e no campo do adversário, que diminuiu bastante o ritmo. Giovanni marcou o quarto gol aproveitando um chute de Leo Garcia que a defesa não conseguiu afastar. Mais uma vez, o gol deu ânimo para o Praianos que seguiu em cima e desperdiçando várias chances de gol. O adversário se fechou mais na defesa e continuou explorando os contra-ataques, e foi numa destas boas jogadas, com troca rápida de passes, que veio o gol que tirou o Imprestáveis do sufoco e praticamente garantiu a vitória. Cristiano ainda marcou mais um para o Praianos, mas restava pouco tempo de jogo e o placar acabou ficando 7 a 5.  No próximo sábado (4), o Praianos enfrenta a equipe do Joni, a partir das 14h45min.

Confraternização
Depois do jogo, o Praianos Neverton abriu as portas da sua casa para a confraternização.  Carne e cerveja, acompanhados de muita música. Na ocasião foram anunciadas as pré-datas da Festa do Dias das Mães, que será no dia 16 de maio, e a pousada de fim de ano, que deve ser de 27 a 29 de novembro. Os locais dos dois eventos serão anunciados posteriormente. A partir de agora, o blog da Família Praianos passará a publicar o calendário de jogos do mês. Confira ao lado.



22 de mar de 2015

Praianos vence mais uma e de virada


A grama sintética, o excelente ambiente da ASPMI e o novo uniforme, doado pelo Praianos Reginaldo, da Cota Assessoria Contábil, fizeram bem para o Praianos. Na tarde de sábado (21), o time conquistou a sua terceira vitória consecutiva. O adversário não era qualquer nenhum. Foi o jovem time do Arsenalcool. Em um jogo cheio de alternativa, o Praianos venceu por 6 a 4, com dois gols de Cristiano, que se isola cada vez mais na artilharia do time na temporada, dois de John e um de Neto. Destaque também para a boa presença de Praianos. Doze jogadores participaram do jogo.

Com um toque de bola rápido e envolvente, o Arsenalcool se impôs nos primeiros minutos de jogo. Armado na defesa com um zagueiro, dois laterais e Neto com falso quarto zagueiro, o time se defendeu bem, mas tinha dificuldades de segurar a bola no ataque. Pela lateral esquerda, John fazia as melhores jogadas. Aos três minutos, o Arsenalcool abriu o placar em um chute de fora de área que bateu no zagueiro Lino, de excelente presença, e enganou o goleiro Jô, o estreante da tarde. Com o placar adverso, Praianos foi para o ataque e aos 5 minutos conseguiu o empate. Leonardo Garcia bateu forte e rasteiro de fora de área e o pique da bola enganou o goleiro adversário. Não demorou muito e o Praianos virou o jogo com Neto, mas o Arsenalcool voltou a empatar. Antes do final do primeiro tempo, o Praianos marcou o terceiro gol.
Para a segunda etapa, o time voltou com outra formação. Nas laterais entraram Garcia e Wesley e John voltou para a sua posição original, o ataque. Tiba entrou no lugar de Reginaldo, mas voltou a sentir a lesão. Já o Arsenalcool com poucas opções de banco de reservas se aproveitou da juventude do time e passou a pressionar, e não demorou para empatar novamente o jogo: 3 a 3. Foi quando apareceu toda a técnica de John, que recebeu um lançamento da zaga, driblou o goleiro e sob a marcação de dois adversários preferiu não virar para o chute, mas sim bater na bola de calcanhar, enganando totalmente a marcação. Um golaço! O Arsenalcool voltou a pressionar e quase numa repetição do primeiro gol conseguiu novamente o empate. Um chute de fora de área que bateu no meio-campo Reginaldo e enganou o bom goleiro sergipano Jô. A bola subiu e caiu mansamente dentro do gol. Praticamente sem fôlego e pressionado na defesa, o Praianos passou a explorar os contra-ataques, e foi num deles que a zaga adversária afastou para a lateral. John cruzou na cabeça de Neto que colocou para as redes, mas o árbitro anulou o gol porque a lateral teria sido batida com a bola rolando. Muita reclamação e uma nova cobrança de lateral. Quase num replay do lance anterior, John colocou com categoria, desta vez, na cabeça de Cristiano, que marcou o quinto gol. Já no apagar das luzes, John fez o sexto gol, dando números finais para o jogo.

Confraternização
Foi também uma tarde de confraternização e de importantes anúncios. Oscar Neto (Coordenador) e Alexandre Melo (Financeiro), que estavam na organização provisória do grupo, assumiram em definitivo a diretoria 2015 da Família Praianos. Eles terão ainda a companhia de Reginaldo Cota (Social & Eventos) e Leonardo Garcia (Esportes).
A confraternização foi na casa da mãe do Sérgio Tranca. Além do Sérgio, Edson Cabral, de volta depois de um período afastado, foram os anfitriões do evento que rolou até a noite. Parabéns para o trio, formado ainda pelo Wilson, mas que não pode comparecer por motivos profissionais. No próximo sábado, a confraternização ficará por conta do trio Alexandre/Neverton/Leo Garcia.
Novo uniforme deu sorte ao time do Praianos

Alexandre e o novo goleiro, Jo

Tarde de muita confraternização

Preto e Cris e Alexandre (sem rosto)

15 de mar de 2015

Praianos conquista a sua segunda vitória consecutiva

Confraternização na casa do Preto
Jogando no pequeno gramado do Clube Tiradentes, em Itajaí, o Praianos conquistou a sua segunda vitória na tarde deste sábado, dia 14, com três gols de Cristiano, que passou a ser o artilheiro do time na temporada. Bruno (convidado) fez três e Léo Garcia completou o placar.
Com muitos desfalques, entre eles o meio-campo Tiba, que segue machucado, além das ausências de Leo Zarrili, Rodrigo Sestrem e Reginaldo, o Praianos foi a campo reforçado por alguns convidados trazidos pelo Alberto. E a “gurizada” ajudou a equipe a vencer o bom time do “Amigos do Carlão”, que abriu placar antes dos dez minutos de jogo. A partir daí, o Praianos acordou em campo e passou a pressionar o adversário que apostou no contra-ataque pelas laterais. Neto, Bruno, John e Cristiano, os três de boa atuação, comandaram a reação. Antes do apito final do primeiro tempo, o Praianos já vencia por 5 a 1. Para a segunda etapa, o calor foi o inimigo das duas equipes, mas quem levou a melhor foi o “Amigos do Carlão, que encostou no marcador – 5 a 3. O Praianos marcou mais um, mas o adversário parecia mais inteiro em campo e voltou a diminuir a diferença para 6 a 4. Em um contra-ataque rápido, o Praianos marcou o sétimo e antes do fim do jogo, o Amigos do Carlão voltou a diminuir, mas não havia tempo para mais nada e o bom árbitro Alberto encerrou o jogo. A confraternização foi na casa do Praianos Preto. A diretoria agradece a gentileza de ceder o excelente espaço para o encontro que rolou até a noite.
Essa foi a segunda vitória do Praianos no ano. No sábado, dia 7, o time havia batido o Kalunga, também por 7 a 5, em jogo disputado no Monumental da ASPMI. No próximo sábado, o time volta a jogar no seu estádio.   

1 de mar de 2015

Praianos de casa nova

Confraternização após o jogo

Uma nova etapa na história de sucesso de quase 20 anos da Família Praianos. Assim se pode definir o sábado, dia 28 de fevereiro, quando se iniciou a temporada 2015. O Praianos está de casa nova. A partir deste ano, vai jogar na grama sintética da Associação dos Servidores Públicos do Município de Itajaí – ASPMI. Uma bela estrutura com vestiários, área de lazer e um excelente campo. A diretoria, provisoriamente, está sob o comando de Oscar Neto, que assumiu o desafio de dar a arrancada inicial neste nova etapa.
E o primeiro encontro foi de muita alegria e descontração, como sempre acontece na Família Praianos. O adversário foi o “Irmãos da Fé, que acabou impondo a primeira derrota do time em 2015: 7 a 4. Cristiano duas vezes, Neto e Giovanni marcaram para o Praianos, que sentiu a grama sintética e a falta de ritmo de jogo. Além disso, o time perdeu logo de início o seu meio-campo Tiba, que voltou a sentir o joelho. Já no ataque do Praianos, uma grande surpresa. O praianos Sérgio Tranca, que durante anos foi um mero espectador, fez a sua estréia com o camisa do Praianos. Tranca quase marcou em uma cabeçada em que a bola caprichosamente bateu na trave.  
Confraternização
Após o jogo, a Família Praianos confraternizou em um quiosque ao lado do próprio campo. Aurélio Anacleto, que está de volta ao Praianos, assou a carne e a cerveja gelada rolou até às 21 horas.  A qualidade musical ficou por conta do Cristiano. No próximo sábado, o Praianos volta a jogar com adversário a ser definido.
Confraternização no belo espaço

Sérgio Tranca estreou com a camisa do Praianos

Tiba voltou a sentir o joelho
Praianos sentiu o campo sintético e perdeu por 7 a 4


9 de nov de 2014

Praianos quebra jejum e volta a vencer três meses depois



Três meses e 15 dias depois, o Praianos voltou a saber o que é vencer. Foram 12 jogos sem vitória. Essa é a série mais negativa da história de quase 20 anos da existência do Praianos. E a vitória veio num jogo muito difícil contra a equipe da APA - Associação Pedra de Amolar, em Ilhota. John abriu o marcador aos 35 minutos do primeiro tempo. Antes, o adversário perdeu várias oportunidades para marcar, outras o goleiro Marcelo, figura de destaque do jogo ao lado do zagueiro Bruno, salvou o Praianos.
No segundo tempo, o APA veio pressionando ainda mais e poderia ter empatado o jogo, mas o goleiro Marcelo continuou “fechando” o gol com grandes defesas. Num contra-ataque, Cristiano marcou o segundo para o Praianos, porém, não demorou muito e a APA conseguiu descontar. A partir daí, o jogo foi praticamente num campo só, com a APA atacando e o Praianos fechado na defesa. Thiago e Cristiano eram os dois mais adiantados no ataque, mas jogavam quase no meio do campo. O time da APA pressionou, porém, o Praianos se segurou na defesa e conquistou a vitória mais de três meses depois. No próximo sábado, o Praianos volta a jogar no União do Espinheiros contra a equipe do Comparsas, a partir das 14h30min.

19 de out de 2014

Praianos perde para o Rio do Ouro




Com muitos desfalques, o Praianos acabou derrotado na tarde deste sábado (18) no campo do Rio do Ouro para a equipe dos Veteranos do Rio do Ouro, em Itajaí. O primeiro tempo foi bastante equilibrado. O Rio do Ouro saiu na frente logo aos 10 minutos de jogo. Com uma zaga bastante consistente, o Praianos conseguia uma boa saída de bola num meio campo articulado. E foi numa boa trama pelo lado direito que Leo Zarrilli conseguiu empatar o jogo. A partir daí, o Praianos passou a ter mais volume de jogo e esteve muito próximo de virar o placar.
Já para o segundo tempo, o panorama do jogo mudou completamente. Apático em campo, o time viu o Rio do Ouro partir para o ataque e empilhar oportunidades de gol. E não demorou para que o adversário marcasse o segundo gol depois de uma saída errada de jogo. Atrás do marcador, o Praianos se jogou ao ataque e ofereceu ao Rio do Ouro o contra-ataque. Em outra jogada rápida, o adversário conseguiu ampliar o marcador e só não fez mais porque o goleiro do Praianos, o alemão, fez grandes defesas. Isolado no ataque, o centroavante Giovanni pouco pode fazer e acabou pedindo substituição. O meio-campo Tiba também deixou o campo, só que machucado. Sem inspiração, o Praianos viu o Rio do Ouro trocar passes até o final do apito do árbitro Daniel, que recebeu muitas críticas pela atuação.Este foi o segundo encontro entre as duas equipes. No primeiro, o empate em 3 a 3. A Família Praianos agradece o convite feito pelo Rio do Ouro.